Em frente ao muro

O meu percurso nos últimos tempos, inclui frequentemente esta zona em frente ao muro… alguém sabe onde é?

DSC_5473

DSC_7057

DSC_6940

Não interessa a idade, o género ou o estilo… cruzo-me cada vez mais com gente de todos os tipos, mas cada vez vejo menos gente “equipada”! É sinal de que as coisas estão a mudar, e de que a bicicleta é cada vez algo mais natural, que as pessoas incluem no seu dia-a-dia.

5 Respostas a “Em frente ao muro

  1. Juik diz:

    Essa gente “equipada” são os “cycle chungas”?

    • Claro que não… é uma opção de cada um. Não há qualquer juízo de valor. Apenas é um reflexo de uma cultura em que se encara a bicicleta como algo complicado, ou apenas como desporto. Quando a bicicleta é encarada como um meio de transporte, descomplicado e perfeitamente integrado no nosso dia-a-dia, as pessoas deixam de se vestir para a viagem, e passam a vestir-se para o destino.

  2. Tobias diz:

    Esta “zona em frente ao muro” é mais amiga das bicicletas do que a alternativa do outro lado da “ex-feira”. Gostei e vou usar mais vezes, é mais calminha.

    Ainda vi a objectiva apontada ao alvo (moi), mas como não te reconheci o veículo… nem disse nada.

  3. Quando pedalo, tento não me distrair com muros:)
    Quem ainda não pedalou, não sabe o que anda a perder:).
    Bom dia.

Deixar uma resposta