Embaixadas da bicicleta

A Embaixada Dinamarquesa da Bicicleta já existe há algum tempo, e está cheia de informação preciosa sobre bicicletas, ciclovias, políticas de promoção, etc.

Embora a Holanda há já muito tempo que tem uma organização chamada Fietsberaad, com muita informação sobre todas as políticas de implementação da bicicleta, e demais assuntos relacionados, entendeu agora fazer a mudança a nível internacional para a Dutch Cycling Embassy.

Para comemorar e divulgar esta embaixada, criou um pequeno video, que em apenas 5 minutos, explica a história recente da bicicleta na Holanda

Cycling For Everyone from Dutch Cycling Embassy on Vimeo.

Não é de estranhar que a grande maioria das pessoas que aparecem neste video, são o reflexo de uma cultura Cycle Chic (ou seja, gente normal, com roupas normais, a andar de bicicleta). Esperemos que esta Embaixada consiga fazer um bom trabalho pelo mundo fora.

Mais surpreendente, foi descobrir que publicaram uma brochura em Inglês, Espanhol e… Português – podem fazer o download aqui!

PS. Há também a recém criada Cycling Embassy of Great Britain, mas é uma coisa um pouco diferente – um dia destes falo sobre ela.

EDIT. A propósito deste assunto, Carlton Reid adaptou a letra da música de um famoso anúncio de refrigerantes dos anos 70, para uma versão fantástica! (isto entra na cabeça com uma facilidade, que já me estou a ver a pedalar e a cantar “I’d like to teach the world to cycle in perfect harmony…”)

4 Respostas a “Embaixadas da bicicleta

  1. Boas,

    E transportar algo deste género para Lisboa/Portugal?
    Qualquer escrevo a minha história e dos meus dois amigos. Vimos para o trabalho de bike, desde o Lumiar, Benfica e Odivelas até à Duque de Àvila.
    Abraço

  2. Miguel diz:

    Mário, para transportar isto para Portugal, o folheto Português disponível em PDF é já um primeiro ponto de partida. Entretanto venha daí esse relato!

  3. Catarina diz:

    E porque é que se fala em cycle chic, dando a impressão do uso da bicicleta ser elitista? A mim parece-me mais apropriado falar em cycle normal, ou cycle casual, não? 😉

Deixar uma resposta