Obrigado

Quero apenas deixar antes de mais, um agradecimentos a todos. A todos os que se inscreveram, a todos os que ajudaram, a todos que permitiram que o evento fosse possível, às empresas e entidades que apoiaram o evento. Mas o agradecimento especial vai para todos os que participaram, mesmo quando confrontados com a monumental chuvada, e não arredaram pé. No final acabámos todos por disfrutar deste excelente convívio a pedal pelas ruas de Lisboa! Fomos quase 200… com bom tempo teríamos sido muitos mais. Mas não seria a mesma coisa!

P1090028

Este foi o espírito…

P1080999

Mais fotos para breve!

4 Respostas a “Obrigado

  1. MCarlos diz:

    Pocos pero de calidad, muy chic, Saludos desde Sevilla (España)

  2. com capacete diz:

    Andar de bicicleta sem capacete é um péssimo exemplo para crianças e adultos.

    Não percebo com a FPCUB se alia a evento desta natureza.

    O capacete salva vidas mas pelos visto estraga penteados!

  3. Miguel diz:

    A FPCUB faz parte da ECF – European Cyclists Federation. Siga este link para perceber melhor a posição da ECF face aos capacetes: http://www.ecf.com/3675_1

    Sugiro também a leitura destes artigos que aqui coloquei onde se aborda o assunto: http://www.lisboncyclechic.com/?tag=capacete

    Tomei a liberdade de editar as partes ofensivas do seu comentário.

  4. Francisco Bruto da Costa diz:

    Caro “Com Capacete”,
    Estou de acordo com a substância do seu comentário, embora me pareça incompreensível a sua agressividade.
    É que na verdade há entendidos que defendem que mais vale não ter capacete nenhum a ter, por exemplo, um capacete mal colocado, e há mesmo quem defenda pura e simplesmente que o capacete é uma inutilidade.
    Eu sou ciclista e desde há muito que uso capacete, desde sempre me pareceu que é um acessório de segurança importante e portanto quando saio de bicicleta levo-o sempre.
    Claro que não dá grande jeito andar para a frente e para trás de capacete debaixo do braço, quando se usa a bicicleta no dia a dia para as normais deslocações – mas mesmo nesse caso há formas de evitar esse embaraço, já tenho pedido a porteiros que me fiquem com o capacete enquanto eu dou um salto ao prédio, e a reacção normalmente é de aceitação.
    Por cada ciclista que anda sem capacete há 4 ou 5 que o usam – portanto o exemplo preponderante é o seu uso e não o contrário.
    Essa de o capacete estragar o penteado não lembrava ao… careca!
    Saudações ciclistas (com capacete),
    FBC

Deixar uma resposta