6 Respostas a “À atenção da ANSR (a propósito do PENSE 2020)

  1. João Pereira diz:

    Para mim a coisa é simples: uma queda “parva” a 0.5 km/h e podes morrer se não tiveres capacete!

  2. Rui diz:

    A pé andamos a 4-5 km/h … ou seja tb podemos (e podemos mesmo) morrer de uma queda parva.

    Mas não fará mais sentido, e será muito mais eficaz em reduzir a sinistralidade, fazer com q os carros reduzam as velocidades e q os seus condutores sejam mais responsáveis do q fazer os peões usarem capacete?

  3. Teresa Lopes diz:

    Todas as quedas sao perigosas, Nas ciclovias ou em estrada, as vezes usocapacete outras nao. no entanto dei uma queda em Outubro; havia oleo na estrada e ou travava ou batia no carro parado no semaforo, Parti a espinha da tibia do joelho direito, nao fiz nem um arranhao nem nos bracos nem nas maos. Estava de capacete mas nao bati com a cabeca em lado nenhum. Com isto quero apenas dizer que o capacete e opcao, Vou continuar a usar o capacee se achar que devo e a pedalar sem ele se achar que nao ha perigo.

  4. Exacto, cada um usa quando acha que deve usar. Estou farto de receber “apupos” de gente que anda a 60km/h de bicicleta com capacete, e chama “inconscientes” a quem anda de bicicleta a 25km/h sem capacete…

Deixar uma resposta