Não há dinheiro que pague…

…este “solzinho”. A música dos Da Weasel não podia descrever melhor este sentimento. Claro que este bom tempo tem consequências péssimas noutras áreas, mas como não podemos fazer nada quanto a isso, o melhor é aproveitar o que se tem. E a bicicleta permite-nos disfrutar ainda mais do que nos é oferecido!

DSC_5446

Parados ou a pedalar, de bicicleta tudo tem outro encanto.

DSC_5279 DSC_5276

DSC_5272

DSC_5277 DSC_5450

De inverno, o pôr do sol no Tejo é dos mais espetaculares do mundo!

DSC_5457 DSC_5459

DSC_5458

A pé também… mas isto são duas faces da mesma moeda!

DSC_5464 DSC_5468

DSC_5469

Deixar uma resposta