Ana Mesquita

Já fez radio, televisão e jornalismo escrito. Com uma carreira profissional muito variada, Ana Mesquita é mais uma figura pública que faz da bicicleta um dos seus meios de deslocação. E já o faz desde muito nova, o que lhe valeu ser conhecida como a miúda da bicicleta, na zona onde vivia. Há 3 anos atrás, uma queda de ski deixou-lhe um ombro em muito mau estado e passado algum tempo, fracturou o pulso – azares que a afastaram da bicicleta, mas que não a impedem agora de recuperar este velho hábito.

DSC_4685 DSC_4680

Tem uma simples bicicleta de cidade, já com alguns anos. Confessou-me que não é a única que tem, mas achou que esta era mais indicada e menos pretensiosa. Para mim, uma bicicleta com uma posição de condução direita, guarda lamas e luzes, é sempre  uma excelente escolha!

DSC_4673 DSC_4676 DSC_4679

Gosto de trazer estes exemplos, pois todos sabemos o preconceito que há ainda na nossa sociedade em relação à bicicleta. E basta dar um salto a países um pouco mais a norte para perceber que tal não faz sentido. Porque não anda só de bicicleta, quem é maluquinho ou quem não pode andar de outra maneira… anda quem faz essa escolha porque gosta, porque é conveniente, porque é rápido, porque é económico, porque não polui, porque é saudável, ou simplesmente porque sim! Não tem que ser atleta, nem de se equipar a preceito – basta pegar na bicicleta, e sair por aí a pedalar.

DSC_4688 DSC_4690
Obrigado Ana, por esta sessão…  Portugal precisa de mais exemplos destes.

2 Respostas a “Ana Mesquita

  1. Bela bicicleta, tem o guiador muito cómodo, sobre-elevado e largo, proporcionando uma posição confortável.

  2. Artur Lourenço diz:

    A Ana é fabulosa.Boa Ana.bjs

Deixar uma resposta