Velo-city Sevilla 2011

Começa na próxima 4ª feira em Sevilha, a edição deste ano da Velo-city, o evento relacionado com a mobilidade ciclável mais importante a nível internacional. No ano anterior, ocorreu em Copenhaga, e foi a primeira edição a ter âmbito mundial (com a designação de Velo-city Global), tendo reunido representantes de mais de  60 países.

Estes eventos são promovidos pela European Cyclists’ Federation (ECF), e organizados em conjunto com as cidades que os recebem. A Velo-city começou em 1980, na cidade de Bremen, com cerca de 300 participantes, e foi o um dos pontos de partida para a fundação da própria ECF, 3 anos depois. Londres (1984), Barcelona (1997) e Paris (2003) foram algumas das cidades que já receberam este evento, embora o mesmo também já tenha ocorrido em cidades mais pequenas, como Groningen (1987) e Basel (1995). Reunindo os mais variados tipos de participantes, desde políticos a activistas, planeadores ou apenas entusiastas, a crescente procura por informação e conhecimento na área da mobilidade ciclável, fez com que a ECF decidisse que a partir de 2010, a conferência passaria a ser anual. No entanto, de dois em dois anos, passou a ter ambito mundial, e em 2012, será a vez de Vancouver, Canadá, a receber o evento.

DSC_6318

Em Outubro passado, desloquei-me a Sevilha para o 8º Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”, onde encontrei uma cidade muito diferente da que conhecia. Esta semana vou voltar lá, e certamente irei mais uma vez, ser surpreendido com algo diferente, pois um evento destes, terá certamente um impacto muito grande na vida da cidade. Estou também muito curioso para a Velo-city em si, de tudo o que vou ouvir e ver por lá. 3 dias para absorver informação, descobrir o que tem sido feito mundo fora, e partilhar ideias com os nossos pares.

Podem ver aqui uma entrevista muito interessante a José Cebrián:

1ª parte – “O Velo-City pode influenciar as políticas comunitárias”

2ª parte – “Portugal é um país interessado na bicicleta”

4 Respostas a “Velo-city Sevilla 2011

  1. Jose Santa Clara diz:

    Muita inveja de não poder ir. Mas espero uma cobertura completa…

  2. Fico à espera de noticias! 🙂
    O que eu adorava ir…mas a “austeridade” está a dar cabo de mim!

  3. […] Velo-city em Sevilha, vi a apresentação do projecto Radlstar de Munique, que faz parte de toda uma campanha que chama […]

Deixar uma resposta