Testemunho da Holanda

Não, não é um testemunho Cycle Chic… é apenas um breve testemunho que o João deixou na lista da Massa Crítica de Lisboa:

“Soube que um colega meu espanhol que mora a 1km do trabalho vai todos os dias de carro e segundo me disse é “para usar o descapotável e porque chove”.

Os espanhóis, italianos e portugueses vêm quase todos de carro e moram perto. Os franceses, belgas e alemães, muitos deles que moram a 10km vêm quase de todos de bicicleta.”

Como diria o Mikael Colville-Andersen, what the fuck???!!!

ams70

(Amsterdão, ca. 1970. Do video do Mark WagenbuurHow the Dutch got their cycle paths)

Apanhado

14022598812394[1]

Já não é a primeira vez, e a foto pelo que me lembro já deve ter 1 ou 2 anos… Pena que tenha servido para ilustrar um triste artigo cheio de desinformação, onde se julga a parte pelo todo, onde se olha para o copo meio vazio, e para não variar só perguntam aos do costume… Que raio, custa muito fazer um artigo decente? E o contraditório, é para esquecer?…

Era bom que se fizesse uma verdadeira reflexão sobre o assunto: se o número de bicicletas está a aumentar, é natural que o número de acidentes também aumente – pelo menos numa primeira fase Como apenas falam em alguns números que aumentaram, pergunto também porque não falam nos números que diminuíram… como não foi referido, depreendo que o número de mortes tenha diminuído. Enfim… Fica a sugestão deste artigo bem mais lúcido sobre esta questão da sinistralidade. E não tenham medo… mais perigoso é andar de automóvel!

PS. Ah, e apesar de eu figurar na foto, e do título sensacionalista, juro que nunca atropelei ninguém! ;-)

PS2. Outro artigo sobre esta triste notícia do i