Dar A Volta (ao uso da bicicleta)

Aproveitando o mote dos 90 anos da Volta a Portugal em Bicicleta, surge esta iniciativa fantástica de repetir o percurso original, com o objectivo de promover a bicicleta como meio de transporte. Mas esperem lá, a volta não é um evento desportivo? E não continua a acontecer todos os anos, com centenas de atletas todos equipados da cabeça aos pés? o que é que isso tem a ver com Cycle Chic?

O meu apoio a esta iniciativa percebe-se neste texto:

O Objectivo

Implementar o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal.
Promover a atividade física e a saúde através do incremento da mobilidade ativa.
Criar a referência para uma grande rota nacional e internacional de turismo ativo contribuindo para o desenvolvimento do país e promoção da coesão territorial e social.
Promover a intermodalidade de transportes públicos e bicicleta.

 

Ou seja, 1927 a volta era para atletas, em 2017 é para todos! Dividida em 18 etapas diferentes, esta volta é para ser feita com calma. Em 18 dias diferentes e bem separados, com muito descanso e sem pressas.

Começa já esta quarta-feira, dia 26 de Abril. Vamos “dar a volta”?

 

Vamos todos participar!? (European Cycling Challenge)

Já ouviram falar do European Cycling Challenge (ECC)? Não interessa, o que importa é que este ano a Área Metropolitana de Lisboa entra na “corrida” e vamos tentar ser a cidade com mais kilómetros percorridos de bicicleta.

A AML – Área Metropolitana de Lisboa, em sintonia com os dezoito municípios da região, participará pela primeira vez no European Cycling Challenge, o qual decorrerá de 1 a 31 de maio. Esta iniciativa pretende incentivar a utilização da bicicleta como modo de transporte diário.

O concurso promove a participação de cidades e áreas metropolitanas europeias que agregam nas respetivas equipas as distâncias percorridas por todos os utilizadores de bicicleta associados.

Todos os utilizadores de bicicleta poderão participar associando-se à equipa da AML e às subequipas que, entretanto, se constituam, até ao inicio de maio (municípios, escolas, empresas, e/ou outras entidades).

Para mais informações consultar www.cyclingchallenge.eu/pt/

(texto retirado de www.aml.pt)

 

Só não se esqueçam de um pormenor – a ideia é promover a mobilidade e não as corridas. Por isso as viagens não podem ter mais de 35km de distância, não podem ter velocidade média superior a 30km/h, nem velocidade máxima acima dos 45km/h. Ou seja, com estilo e sem stress 😉 , por Lisboa e arredores.

Vamos todos participar? Increvam-se em www.cyclingchallenge.eu/pt/

 

EDIT: Podem descarregar as regras de participação e as instruções de participação já devidamente traduzidas para Português na página da AML.